Conhecendo a Verdadeira Grandeza

segunda-feira, agosto 5th, 2013

Texto Bíblico: Atos 9: 15-16, 19-21.

Em meados de 60 a.C. Roma vivia seu primeiro governo de triunvirato, cujo principal destaque foi o imperador Caio Júlio César. Este célebre general romano foi um dos mais notáveis de seu tempo, exercendo um poder quase que absoluto. Tornou-se popular pelo seu discurso eloquente e pela sua e liberalidade na forma de agir; governou de acordo com os interesses do povo, sem favorecimentos a qualquer partido, e ficou marcado por ter feito grandes reformas, dentre elas: (1) Concedeu direitos de cidadania a muitos habitantes das províncias (essas dominadas pelos romanos); (2) Cunhou moedas com sua imagem; e (3) Reformou o calendário, incluindo o mês de seu nascimento (Julho).

conhecendo-a-verdadeira-grandezaMuitos anos depois, nascia na província de Tarso um homem chamado Saulo (nome hebraico que significa ‘grande’), filho de pais judeus da tribo de benjamim. Ele foi criado em Jerusalém e estudou aos pés de Gamaliel, um rabino muito respeitado da época, que era seguidor da ala progressista do judaísmo, doutor da lei; era da linhagem dos fariseus e venerado por todo o povo (At 5: 34-39).

Por nascer numa província de domínio romano e se destacar intelectual e religiosamente dentre os demais da sua época, Saulo se tornou cidadão romano por direito. Também se tornou fariseu e fiel cumpridor da lei, seguindo os passos de seu “mestre” Gamaliel; e aprendeu o ofício de fazer tendas (At 18: 3).

Como um fervoroso fariseu, logo se tornou perseguidor da Igreja de Cristo não somente com a autorização do Sinédrio judaico, mas principalmente tendo sua total aprovação e apoio. A decisão de Saulo era lei. O que ele fizesse, estava bem feito. A primeira aparição de Saulo registrada na Bíblia foi à morte do jovem Estêvão, por defender sua fé em Cristo. Saulo presenciou e consentiu na morte daquele jovem cristão (At 7: 58). Mas, como a maioria de nós sabemos da história, Saulo encontrou Jesus no caminho de Damasco, quando estava indo prender aqueles que abraçaram a fé cristã. Esse encontro mudou pra sempre a vida de Saulo (At 9: 1-18).

As perguntas que talvez mais pairasse na mente das pessoas que viveram naquele contexto de Saulo eram: Será que Saulo conseguirá viver sem as patentes e os nobres títulos que recebeu do império romano e do sinédrio judaico? Será que ele conseguirá voltar a viver no anonimato, em contraste com a notoriedade do passado? Graças a Deus que Saulo não somente conseguiu voltar a viver no anonimato, como também aprendeu lições valiosas sobre o significado da verdadeira grandeza. Ele não só aprendeu como fez questão de ensinar em todas as igrejas que fundou. Essas lições tornaram Saulo no maior apóstolo do cristianismo. São elas:

1. Ser grande é se tornar pequeno.
“Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, pois persegui a igreja de Deus” (I Coríntios 15.9).

Após a sua conversão, Saulo passou a ser chamado pelo nome latino Paulo, cujo significado é pequeno. Deixou de ser “grande” para se tornar “pequeno”. Esse foi um dos grandes aprendizados do apóstolo. Paulo aprendeu que ser grande é muitos mais do que ter títulos dados pelos homens ou pelos seus próprios esforços; muito menos é se gloriar na própria sabedoria, força e riqueza adquiridas nessa terra (Jr 9: 23 – 24).

Ser grande, de fato, é reconhecer nossas falhas e incapacidades diante de Deus e dos homens. É reconhecer que não somos autossufientes ao ponto de descartar as pessoas ao nosso redor. É reconhecer a suficiência de Deus em nossas vidas (Jr 9: 24).

A verdadeira grandeza está na atitude de reconhecermos que somos pequenos e que somente Deus é grande.

2. Saber que toda excelência é de Deus.
“Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós” (2Co 4: 7).

A segunda lição que o apóstolo Paulo aprendeu foi que toda a excelência é de Deus, e que nós humanos somos apenas míseros vasos de barro que comportam o maior tesouro do mundo (o conhecimento de Cristo). Qualquer descuido (erros e falhas), o vaso se rompe por ser frágil, mas o tesouro será sempre o mais importante.

Conhecer a verdadeira grandeza é saber que somos um ‘vaso impróprio’ para comportar um tesouro tão importante, e que mesmo assim o Senhor faz questão de depositar tal tesouro em nós, para que saibamos que a excelência do poder é de dEle… E não nossa!

3

. Viver na Dependência De Deus.
“Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome; tanto a ter abundância como a padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4: 10 – 13).

Os estóicos usavam a palavra ‘contentar’ (v. 11) para descrever uma pessoa que era autossuficiente em todas as circunstâncias. Em contrapartida, Paulo usa essa mesma palavra para repudiar expressamente a autossuficiência humana. Ele disse que a sua suficiência estava em Cristo.

Quando o apóstolo disse “posso todas as coisas”, a ênfase aqui não é sobre a realização, tampouco na disposição de permitir que o poder de Deus sustente a dificuldade e a escassez. Tal fé é um estimulante para crer em toda suficiência de Cristo ao encarar todas as circunstâncias da vida.

Nesse discurso para os filipenses, Paulo nos ensina que devemos depender de Deus em toda e qualquer circunstâncias que atravessemos.

Para finalizar, um fato: O apóstolo Paulo alcançou maior fama quando passou a ser chamado de pequeno (significado do nome latino Paulo) do que quando era Saulo (grande, em hebraico). Tal afirmação é comprovada quando lemos que foi necessária uma escolta de 470 soldados romanos para transportar Paulo preso à Cesaréia (At 23: 23). Ele se tornou um ameaça para o mundo em que vivia, porque sua vida era Cristo.

Que Deus tenha falado ao teu coração.

Por Linaldo Lima
Blog Oficial: http://www.linaldolima.com
Facebook: http://www.facebook.com/BlogDeLinaldo
E-mails:
contato@linaldolima.com / linaldolima@gmail.com
Skype: linaldolima
Twitter: @linaldolima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *