Liderando com Foco nas Prioridades.

quarta-feira, julho 3rd, 2013

Textos-Base: Atos 6: 1 – 7 / Filipenses 3: 7 – 14.

Clideranca-com-foco-nas-prioridadesomeçamos esse estudo levantando algumas questões reflexivas, tais como: Quais são os grandes “monstros” de sua agenda? O que ocupa a maior parte do seu tempo? Quais são os proprietários do seu tempo? Logo, algumas possíveis respostas são: trabalho, viagens, carga dobrada de serviço, TV, internet, filhos, família, igreja, entre outros. Pois é, vivemos numa época em que a maioria das pessoas se queixa da tirania da agenda, da urgência e falta de tempo. As responsabilidades são diversas, crescentes e “para ontem”. Talvez já possamos conceber a idéia de que é impossível não estar ocupado com alguma coisa.

Damos ao excesso de atividades o nome de ativismo e, infelizmente, isso tem sido uma das marcas negativas da liderança cristã na atualidade. Não é raro encontrar o típico líder “faz tudo”. Alguns deles alegam falta de pessoas treinadas e aptas a realizar tarefas; outros confessam não conseguir viver sem excesso de funções. Há também os centralizadores, que temem a perda do poder; por fim, também podemos mencionar os que buscam avidamente algum status ou reconhecimento, por isso precisam “aparecer” em tudo.

Diante da exposição acima, mais perguntas vem à nossa mente, as quais são: (1) Se o líder não pode e não deve fazer tudo, como conseguirá cumprir a liderança na íntegra? (2) Como influenciará e cativará as pessoas se não estiver disponível para atende-las? (3) Como se firmará como líder eficaz se sua agenda não estiver tão cheia de compromissos quanto à de seus colegas? Identificar e se firmar nas prioridades. Esta é a resposta mais adequada.

1. Liderando com Prioridades (At 6: 1 – 7).
A igreja do primeiro século passou por um crescimento inigualável, à medida que a mensagem do evangelho foi pregada. O texto bíblico já começa registrando que o número dos discípulos se multiplicava (At 6: 1a). Pedro era o principal líder da igreja naqueles dias, que provavelmente estava cheio de atividades e responsabilidades. Pra terminar de “encher o balde”, surgiu mais uma: Os judeus da Grécia começaram a se queixar do esquecimento das viúvas gregas na distribuição diária.

É neste contexto que descobrimos uma grande virtude da liderança de Pedro, isto é, ordenando de prioridades. O apóstolo precisou direcionar corretamente suas ações para que a igreja fosse bem atendida no todo, e ele pudesse continuar na pregação do evangelho. Para isso, ele tomou algumas atitudes que nos ensinam como ordenar as prioridades. São elas:

a) Valorização da Necessidade. Diante das reclamações dos cristãos gregos, Pedro não perdeu tempo investigando os motivos da falta de atendimento, tampouco desdenhou dos cristãos gregos, uma vez que no contexto de Atos havia uma predileção pelos judeus. Entretanto, ao perceber que o suprimento daquelas mulheres seria uma oportunidade para fortalecimento da igreja, o apóstolo encarregou outros servos para o cumprimento de tal trabalho. Foi um pensamento sábio e uma ação rápida para resolução imediata desse problema. Assim, ele e os demais apóstolos puderam continuar se consagrando à prioridade da igreja: “à oração e ao ministério da palavra” (At 6: 4).

Hoje, ao se deparar com requisições de novas tarefas, muitos líderes interrompem o que estão fazendo para, atender à necessidade do povo de imediato. Isso representa perda de tampo e energia em suas atividades prioritárias.

b) Ampliação da Liderança. Diante de uma nova necessidade (crise), o apóstolo percebeu aí uma grande oportunidade para desenvolver outros líderes que estavam surgindo naquele momento. Além de abençoar as viúvas gregas, Pedro e os discípulos abençoaram toda a igreja ao ampliar o número de líderes, dentre os quais destacamos Estêvão que, “cheio de graça e poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo” (At 6: 8).

c) Divisão de tarefas. Ao resolver delegar o atendimento das viúvas gregas, Pedro teve a preocupação em escolher, cuidadosamente, uma equipe capacitada, estabelecendo assim um novo padrão de qualidade: “escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria” (At 6: 3). Um detalhe importante: Pedro não teve medo ao dividir e delegar, muito pelo contrário.

As atitudes de Pedro parecem mudar a conhecida frase “se quiser bem feito, faça você mesmo” para “se quiser bem feito, delegue a pessoas competentes”. O que você acha disso?

2. O Segredo para Cumprir as Prioridades (Fp 3: 7 – 14).
Manter o foco nas prioridades. Esse é o segredo. Devemos fixar o olhar, investir tempo e energia, buscar preparo para completar nossa visão e “acertar” o alvo. Muitos líderes têm sido verdadeiras metralhadoras, que atiram para todos os lados sem um alvo definido. É a famosa estratégia Plunct Plact Zum – “não vai a lugar nenhum”.

No contexto de Filipenses aprendemos a afunilar e focar nossas prioridades. Paulo deixou bem claro as suas. Ele queria conhecer a Cristo, experimentar o Seu poder, compartilhar, participar dos Seus sofrimentos e, por fim, fazer-se igual a Ele em sua morte (Fp 3: 10 – 11). Para tanto, considerou como refugo todos os troféus e reconhecimento até então conquistados (e não eram poucos).

Paulo apontou a flecha, fixou o olhar, focando o que lhe era essencial. Observemos alguns de seus segredos.

(1) Percebeu os Empecilhos. O que antes tomava conta da mente de Paulo passou a ser visto como empecilho no cumprimento de sua prioridade, demandando tempo e energia. Tudo o que era tido como riquezas e glórias não passavam de refugo diante da glória de Deus (Fp 3: 7 – 8).

(2) Descobriu o que desejava (Fp 3: 9 – 11). A prioridade de Paulo era a busca pela semelhança com Cristo. Seu comportamento e ações passaram a estar focados nisso. Além de priorizar isto, convocou outros servos a priorizarem também: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo” (1Co 11: 1).

(3) Determinou-se a atingir seu alvo (Fp 3: 12 – 14). Paulo conhecia sua prioridade e se concentrou em alcança-la. “Com singeleza apaixonada em mete, Paulo esqueceu-se das coisas passadas e passou a buscar o galardão de sua vocação” (BLC, p. 1040).

Para que possamos finalizar essa reflexão, compartilhamos alguns pontos importantes no desafio de manter o foco em nossa prioridade, a fim de que, pelo cumprimento deles, possamos obter uma liderança mais produtiva. São eles:

    1. Identifique seus pontos fortes;
    2. Invista a maior parte do seu tempo neles;
    3. Busque capacitação contínua (potencialização) para seus pontos fortes;
    4. Delegue determinadas funções a outros que podem desenvolvê-las melhor do que você;
    5. Invista parte do seu tempo (mesmo que pequena) para corrigir seus pontos fracos; e
    6. Por fim, aprenda que nem tudo o que é urgente é urgente.

“O líder que conhece as suas prioridades, mas não tem concentração, sabe o que precisa fazer, mas nunca consegue fazê-lo. Se tiver concentração, mas sem prioridades, possui excelência sem progresso. Quando, porém, junta os dois elementos, reúne potencial para alcançar grandes coisas (John Maxwell).

#QueTenhamosFOCOemNossasPRIORIDADES!

Por Linaldo Lima
Blog Oficial: http://www.linaldolima.com
Facebook: http://www.facebook.com/BlogDeLinaldo
E-mails:
contato@linaldolima.com / linaldolima@gmail.com
Skype: linaldolima
Twitter: @linaldolima

BIBLIOGRAFIAS:

  1. DUTRA, Pr. Samuel Mendes. Princípios Bíblicos de Liderança (Série Serviço Cristão) – ‘A Lei das Prioridades – FOCO. 1ª Ed. São Paulo, Cristã Evangélica, 2011.
  2. MAXWELL, John C. As 21 irrefutáveis leis da liderança: uma receita comprovada para desenvolver o líder que existe em você. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2007.
  3. BÍBLIA da Liderança Cristã. Versão Almeida, Revista e Atualizada, 2012.
  4. BÍBLIA Devocional de Estudo. Versão Almeida, Revista e Corrigida com referências, 1997.

One thought on “Liderando com Foco nas Prioridades.

  1. Que delicia de leitura!!!! me sinto assim mesmo atarefada e até furtada por não ter tempo,mas com esse seu estudo me fez abrir os olhos. Queremos trabalhar na obra e ajudar nossos lideres,porém se nos entupimos de tarefas nenhuma sai bem feita….obg. meu irmão gostei muito ,como gosto de tudo que vc escreve! Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *