O Carimbo de Aceitação de um Líder Eficaz – A CREDIBILIDADE!

domingo, junho 2nd, 2013

Texto-Base: Juízes 6: 11 – 24.

credibilidade1A história de Gideão é contada em três capítulos do livro de Juízes, 6 a 8, que relatam as proezas desse homem saído do anonimato para se destacar como um grande líder, que libertou Israel das mãos dos midianitas (Jz 8: 11 – 12).

Entretanto, é provável que Gideão fosse o último da nossa lista de escolhas para liderar um de nossos ministérios na igreja, ou assumir um cargo de gestão na empresa. Na verdade, nem o próprio Gideão se sentia qualificado para aquela tarefa (Jz 6: 15). Esse sentimento dele reforça o indício de que nem o próprio Gideão aceitava a si mesmo como líder diante do povo.

1. Aceitação… O que é isso?!
Sendo assim, o que significa aceitação quanto à liderança? É o ato de aceitar, provar e dar crédito a alguém para realização de uma determinada tarefa. Na liderança espiritual (cristã), a aceitação deve ser mútua em sua aplicação, a saber: Deus chama aqueles a quem ele aprova; quem recebe o chamado deve responder positivamente, e os liderados devem aceitar e acatar a autoridade daquele que recebeu o chamado. No início, Gideão relutou em atender ao chamado de Deus, mas em seguida abraçou a causa com tanto empenho que conquistou também a confiança do povo.

A aceitação é sumamente importante para o líder, pois as pessoas não seguem primeiramente as causas dignas; elas seguem líderes que são dignos de confiança. Elas (as pessoas) se aproximam de líderes que as façam se sentir seguras de si mesmas. Ninguém segue um líder que não transmite segurança e confiança. Quando os liderados depositam confiança em seu líder, também sentem confiança em aceitar sua liderança.

Gideão deu alguns passos progressivos e firmes para que a sua liderança alcançasse tal nível de aceitação frente ao povo. Primeiro, ele conquistou a confiança da sua família. Depois viveu a experiência de liderar um pequeno grupo de dez homens (Jz 6: 27) e, com a ajuda destes, destruiu um altar de Baal (Jz 6: 25), construiu um altar novo para Deus e ofereceu o sacrifício exigido (Jz 6: 26). Por fim, ganhou a confiança do povo da cidade e região (Jz 6: 32, 34 – 35). A credibilidade do líder revela a extensão e o sucesso da obra a ser realizada.

“Pessoas sempre perguntam: ‘Por que devo seguir você?’ Líderes devem compreender que eles estão expostos antes que tenham a chance de expor a sua visão” (BLC, p.214).

2. Credibilidade… O Carimbo!
A partir do exemplo de Gideão podemos considerar alguns fatores sobre a aceitação de um líder, a saber:

(1) As pessoas aceitam primeiramente o líder, depois a visão (Lc 5: 4 – 5). Nossa influência tem menos a ver com nossa posição ou título do que com a vida que levamos (Ver Pv 17: 2).

(2) Ganhamos credibilidade quando nossa vida condiz com o que falamos (Dn 6: 22 – 23). Deus está mais interessado no que somos do que no que fazemos. E mais interessado ainda em que sejamos cheios do Espírito Santo.

(3) O equilíbrio entre liderança e credibilidade é um fator fundamental (1Tm 4: 14 – 16). Vance Havner descreveu a deficiência da liderança da igreja de maneira exata: “Nos dias de hoje somos desafiados, mas não transformados; convencidos, mas não convertidos; ouvimos, mas não praticamos; e desse modo enganamos a nós mesmos”.

Após as exposições acima, nos surge algumas perguntas reflexivas, tais como: Será que reconhecemos que a credibilidade é uma conquista e não um dom? Nosso esforço é maior para melhorar nossa credibilidade ou nossa imagem? Que possamos refletir (e responder) sobre essas perguntas.

#QueDeusContinueTeAbençoando!

Por Linaldo Lima
Blog Oficial: http://www.linaldolima.com
Facebook: http://www.facebook.com/BlogDeLinaldo
E-mails:
contato@linaldolima.com / linaldolima@gmail.com
Skype: linaldolima
Twitter: @linaldolima

BIBLIOGRAFIAS:

  1. CAVALCANTE, Pr. João B. Princípios Bíblicos de Liderança (Série Serviço Cristão) – ‘A Lei da Reprodução – Educabilidade. 1ª Ed. São Paulo, Cristã Evangélica, 2011.
  2. MAXWELL, John C. As 21 irrefutáveis leis da liderança: uma receita comprovada para desenvolver o líder que existe em você. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2007.
  3. BÍBLIA da Liderança Cristã. Versão Almeida, Revista e Atualizada, 2012.
  4. BÍBLIA de Estudo Aplicação Pessoal. Versão Almeida, Revista e Corrigida, 1995.
  5. BÍBLIA Devocional de Estudo. Versão Almeida, Revista e Corrigida com referências, 1997.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *