A fidelidade de Deus

segunda-feira, setembro 26th, 2016

Texto Bíblico: 2 Timóteo 2:13

Comecemos nossa reflexão com um fato: A infidelidade é um dos pecados mais elevados de nossos dias. Com raríssimas exceções, a palavra de um homem hoje não é mais a sua fiança nos negócios ou em qualquer área no mundo atual. Antigamente, geralmente na população do interior (zona rural), não se costumava assinar documentos porque o “fio do bigode” (a palavra) de um homem era a garantia do cumprimento de qualquer acordo.

Entretanto, hoje em dia não é mais assim. Vejamos alguns exemplos: No mundo econômico, quase todas as falhas são consequências das ações de devedores ou empregados infiéis. Na vida social, a infidelidade conjugal tem se tornado cada vez mais um mal terrível. Os sagrados laços matrimoniais são rompidos tão facilmente como quem joga roupas velhas fora. No mundo político, as promessas feitas antes das eleições são quebradas com a mesma facilidade com que foram feitas. Nas negociações internacionais, os acordos são considerados como simples folhas de papel. E, para finalizar, no setor religioso a infidelidade é tão ou mais notável que qualquer outro segmento, uma vez que milhares de cristãos se comprometeram em pregar a viver a Palavra, mas a negam e a atacam sem nenhum escrúpulo.

O que nos anima é saber que Deus é, somente Ele, fiel em tudo, fiel em todo tempo. Portanto, nossa reflexão será em torno da questão: Em que áreas ou circunstâncias podemos comprovar e validar a fidelidade de Deus? Vejamos

1. Fiel ao Seu Caráter / Sua Essência

  • “Em verdade, eu, Yahweh, o Senhor, não mudo; por essa razão, vós ó filhos de Jacó, não sois completamente destruídos” (Malaquias 3:6);
  • “Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das Luzes, em quem não há oscilação como se vê nas nuvens” (Tiago 1:17).

2. Fiel à Sua Palavra

  • “…Porque eu velo sobre a minha Palavra, para cumprí-la” (Jeremias 1:12).

3. Fiel na preservação do Seu Povo

  • “Deus é fiel, por meio do qual fostes chamados à comunhão de Seu filho Jesus Cristo, nosso Senhor” (1 Coríntios 1:9);
  • Tem em vista que Deus prometeu ao Seu Filho um povo como sua herança, livrá-lo do pecado e da condenação e fazê-lo participante da vida eterna é certo que Ele não permitirá que ninguém desse povo pereça.

4. Fiel na disciplina aplicada ao Seu Povo

  • “Reconheço, Senhor, que tuas decisões são justas; foi com fidelidade que me castigaste! ” (Salmo 119:75);
  • Deus é fiel tanto quando envia tristeza, como quando outorga alegria;
  • A fidelidade de Deus é uma verdade que devemos confessar não somente quando estamos tranquilos, mas também quando somos afligidos sob o castigo mais áspero.

5. Fiel na glorificação do Seu Povo

  • “Aquele que vos chama é Fiel, e Ele também o fará” (1 Tessalonicenses 5:24).
  • “E aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes igualmente justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou” (Romanos 8:30);
  • Essa glorificação já teve início desde quando o Senhor nos chamou das trevas para a sua Luz.

 6. APLICAÇÕES PRÁTICAS
Uma percepção correta sobre a fidelidade de Deus resultará em nós pelo menos quatro ações imediatas e constantes em nossa vida diária. São elas:

  1. Ficaremos protegidos da preocupação
    • Estar preocupado com tudo, ser pessimista quanto a nossa situação atual, bem como querer antecipar o amanhã com ansiedade, é ofender a fidelidade de Deus;
    • Aquele que ouviu a nossa oração no passado não se negará em suprir nossas necessidades no presente.
  2. Evitaremos as murmurações
    • Deus sabe o que é melhor para cada um de nós;
    • O silencio de nossas reclamações será um efeito de que confiamos nessa verdade.
  3. Desenvolveremos atitudes de ação de graças
    • “Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1 Tessalonicenses 5:18).
  4. Confiaremos mais em Deus
    • Ficaremos mais satisfeitos com as suas providências e compreenderemos que “tudo o que Deus faz é bom”

Portanto, meus queridos irmãos, reconhecer a fidelidade de Deus é ter a garantia de que seremos preservados, corrigidos e glorificados como povo, bem como a convicção de que todas as coisas pertencem a Deus e que a “vontade de Deus é perfeita, agradável e boa” (Romanos 12:1). Porque Deus é fiel e não pode negar a si mesmo.

#DeusÉFiel

Por Linaldo Lima
Site Oficial: linaldolima.com
E-mail: linaldolima@gmail.com
Baixe o nosso Aplicativo para Android: Clique Aqui!
Facebook: https://www.facebook.com/linaldolimaoficial2
Twitter: https://www.twitter.com/linaldolima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *